MENU
EUA: Eólica e Solar superam 10% e mostram tendência irreversível

A Administração de Informação Energética dos Estados Unidos revelou que em março passado foi a primeira vez na história energética americana que a geração de energia eólica e solar superaram 10% da matriz energética americana. De acordo com o órgão, o Texas se destacou como principal geradora de energia solar como de eólica no ano passado, com destaque para a capacidade eólica que supera 18,5 GW. 

Consultorias e agências de informação voltadas ao mercado energético americano já alertam as corporações da necessidade de revisão dos cenários. "Eólica e Solar estão radicamente reformando o mercado energético", afirmou a consultoria voltada para óleo e gás Wood Mackenzie em relatório recente, chamando o fenômeno de "maior mudança de direção em geração".

Já o relatório da Bloomberg sobre cenário energético até 2040 afirma que o salto maior ainda está por vir. Segundo o relatório, a energia solar já empata com os custos de novas plantas de carvão nos EUA e na Alemanha, mas alcançará essa condição nos mercados crescentes da China e Índia (que devem acumular 39% dos investimentos energéticos em 2040) já em 2021. Essa situação, segundo o relatório, proporcionará um pico e um decréscimo da emissão global de gases efeito estufa em 2026.