MENU
Encontro ministerial de energias limpas na China anuncia uma nova era de liderança global compartilhada

A oitava edição do Encontro Ministerial de Energias Limpas (Clean Energy Miniterial – CEM8) terminou, na última quinta-feira (8), em Pequim, com o anúncio de uma nova era de "liderança global compartilhada".  O encontro reuniu ministros da energia e representantes de alto nível de 24 países e a Comissão Europeia para analisar os últimos avanços tecnológicos e discutir como avançar na transição para fontes limpas de energia. "O CEM está se tornando uma plataforma de cooperação internacional líder para desenvolvimento e implantação de energias limpas em resposta aos desafios globais", disse o ministro Wan Gang da China.

O CEM é a única reunião anual de ministros de energia dedicada à energia limpa que tem o apoio de fluxos de trabalho durante todo o ano cobrindo temas que vão do fornecimento de energia, demanda de energia, sistemas de energia até questões transversais. Seus membros atualmente representam aproximadamente 90% dos investimentos globais em energia e 75% das emissões globais de gases de efeito estufa que priorizaram o avanço da energia limpa e participam de forma voluntária para atingir esse objetivo. No encontro de Pequim, os membros do CEM foram acompanhados por representantes de várias destacadas organizações internacionais na esfera da energia, como a Agência Internacional de Energia (IEA), a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), a Parceria Internacional para a Cooperação para a Eficiência Energética (IPEEC), o Conselho Mundial de Energia, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI), Energia Sustentável para Todos (SE4ALL) e mais de 600 representantes do setor privado e da indústria.

O encontro de Pequim marcou uma nova fase de atividades para a CEM, caracterizada por liderança global cada vez mais compartilhada em energia limpa. Ministros e chefes de delegação aproveitaram a oportunidade para anunciar metas mais ambiciosas para o trabalho do CEM na área de veículos elétricos (EV30@30), sistemas urbanos de energia, eficiência de edifícios e flexibilidade avançada de usinas (APPF). Esses tópicos serão o foco de atividades intensivas e direcionadas no próximo ano.??As próximas reuniões do CEM serão organizadas conjuntamente pela Comissão Europeia, Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia em 2018 (CEM9) e Canadá em 2019 (CEM10).