MENU
Produção sueca de biogás alcança 2TWh em 2016

A produção sueca de biogás cresceu de 2015 para 2016 aproximadamente 4%, alcançando 2.018 GWh, em grande parte pelo maior uso de biometano como combustível veicular mesmo com a competição de biogás estrangeiro no mercado sueco.

Do biogás produzido, 64%(1.296 GWh) foi transformado em biometano e usado como combustível veicular, 20% (394 GWh) serviu para aquecimento, 9% foi perdido e o restante (3% cada) foram usados para eletricidade e uso industrial.

“São números gratificantes que mostra que a produção sueca de biogás ainda tem algumas vantagens, apesar da dura competição do ano passado. Agora temos claros sinais políticos sobre a importância do papel do biogás e esperança para o futuro. O foco deve ser desenvolver uma estratégia de longo prazo onde os benefícios do biogás são contabilizados. O anúncio da pesquisa do governo sobre biogás é uma importante parte desse trabalho” disse Malmkvist, presidente da Energigas Sweden.

De acordo com a Agência de Energia, aproximadamente metade da produção de biogás ocorre em 34 plantas. Plantas em estações de tratamento de esgotos, que são as maiores e com maiores reatores, contabilizam 35% da produção de biogás.

“As plantas municipais de tratamento de esgotos transformam o esgoto em recursos valiosos como água purificada, biogás e biofertilizantes. O uso do biogás deve ser promovido se nós queremos uma economia circular funcional que reduza o nosso impacto ambiental. O governo precisa, portanto, tomar decisões importantes com relação à regulação do fósforo, com metas para o retorno do fósforo e nitrogênio e um marco regulatório para circuitos seguros e sustentáveis” disse Anna Linusson, presidente da Svenskt Vatten.