Bradesco destina 15,7 mil toneladas de materiais para reciclagem

O Programa Auto Reciclagem do Grupo Bradesco Seguros, lançado em 2009, enviou 15,7 mil toneladas de peças para empresas de reciclagem no primeiro semestre de 2018. Pioneiro entre as seguradoras na prática de reciclar peças resultantes de reparos de carros, caminhões e motocicletas danificados em acidentes com segurados e terceiros, o programa também gera renda para catadores, recicladores e para as próprias siderúrgicas e indústrias afins. Atualmente, é possível reciclar até 80% das peças descartadas de um veículo.

Foto: divulgação

A Bradesco Auto, que possui hoje cerca de 1,5 milhão de veículos segurados, registrou no primeiro trimestre deste ano mais de duas mil demandas mensais de veículos com perdas totais e quase cinco mil perdas parciais. O grupo segurador conta com a parceria de cinco empresas recicladoras, de abrangência nacional, que tornam possível a reutilização de materiais como aço, vidro, plástico e borracha.

"As seguradoras têm no seu dia a dia um grande número de veículos que precisam ser reparados em oficinas. Esse processo gera uma quantidade significativa de peças que deixam de ter utilidade e precisam ser substituídas. Diante disso, criamos, há cerca de 10 anos, o Auto Reciclagem para garantir a essas peças a destinação ambientalmente correta. Já são quase 16 mil toneladas de materiais reciclados e isso é muito gratificante", explica o diretor gerente da Bradesco Auto, Enrico Ventura.

Link relacionado

Conferência Logística Reversa e Gerenciamento de Resíduos

Transporte de Produtos, Logística e Frota Sustentável
Rede Brasil promove atividades em conferência mundial sobre mudanças climáticas
CCEE indica aumento de 2% no consumo de energia em novembro
Merck instala painel solar 3G em Realengo