Legado das Águas é o vencedor do prêmio automação

O projeto Código Verde é o vencedor do Prêmio Automação na categoria Sustentabilidade. A tecnologia de rastreabilidade automatizada, implementada no viveiro de mudas do Legado das Águas, no Vale do Ribeira (SP), torna possível garantir o padrão de qualidade durante todo o processo de manejo da muda, da coleta na matriz até o destino final.

O projeto foi um trabalho em conjunto da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, a PariPassu, a Zebra Technologies e a 3M com o Legado das Águas – maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil, com 31 mil hectares, administrada pela Reservas Votorantim. 

Foto: divulgação

"Estamos muito felizes com esse reconhecimento, pois fomos revolucionários ao incluir o padrão GS1 e a tecnologia de QRCode em nossas mudas. Nosso viveiro tem a proposta de ser um importante polo ambiental e social, destinado ao desenvolvimento econômico local aliado à conservação desse bioma tão ameaçado. Garantir aos nossos clientes a procedência das nossas mudas comprova o nosso compromisso de manter a Mata Atlântica em pé", afirma a gerente executiva da Reservas Votorantim,  Frineia Rezende. 

A premiação é promovida pela GS1 Brasil, como uma homenagem à criatividade e aos esforços das empresas e profissionais brasileiros que apostam na automação e na padronização para aprimorar a gestão dos seus negócios, com soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado.

FSC como instrumento para a conservação da biodiversidade
Shopping Anália Franco instala sistema de reuso de água
ABB apresenta fábrica neutra em CO2 na Alemanha
Brasil está em 56º lugar no ranking de iniciativas urbanas sustentáveis