Petrobras investe em tecnologias de reutilização de água

As iniciativas da Petrobras para reuso de água atingiram um volume total de 25,4 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 12,5% da demanda total de água doce nas instalações. Esse volume reutilizado, suficiente para abastecer uma cidade de 615 mil habitantes por um ano, permitiu em 2017 uma economia estimada de R$ 24 milhões nos custos de captação de água e lançamento de efluentes.

O Data Hidro, sistema que possibilita o gerenciamento das informações de forma integrada e descentralizada na companhia, tem o objetivo de formar um banco de dados sobre recursos hídricos. A ferramenta recebe os dados quantitativos e qualitativos das correntes hídricas de unidades operacionais, os valores cobrados pelo uso da água e informações sobre os projetos.

Crédito/Foto: Divulgação

Para assegurar o acesso ao suprimento necessário de água para a continuidade de suas atividades de forma sustentável, a Petrobras também utiliza uma ferramenta pioneira: o Índice de Risco de Escassez Hídrica (IREH). Desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o índice permite mapear e avaliar a exposição das instalações da companhia a riscos de escassez hídrica, possibilitando o melhor direcionamento de estudos e de medidas de mitigação.

"Água é essencial à vida e vital para as nossas operações. Investimos em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico visando à racionalização constante do seu uso em todas as nossas instalações. Além disso, atuamos em conservação e recuperação de mananciais por meio de projetos do Programa Petrobras Socioambiental”, destaca o diretor de Assuntos Corporativos da Petrobras, Eberaldo Neto.

EM BREVE:

Conferência Novas Tecnologias de Tratamento de Esgotos e Efluentes, 3a. edição