Programa GHG Protocol celebra sua primeira década

O Programa Brasileiro GHG Protocol, conduzido por pesquisadores do Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces) da Fundação Getulio Vargas (FGV), celebra 10 anos de atividades. Desde seu início, a iniciativa apresenta anualmente os resultados dos inventários de emissão de gases de efeito estufa (GEE) das organizações participantes do programa. Este ano, o evento ocorrerá dia 15 de agosto, no FGVces, em São Paulo.

"Por ser uma data especial, desta vez, além de apresentarmos os dados das empresas que são membros, também vamos homenagear as empresas que estiveram junto ao Programa durante toda esta década", afirma George Magalhães, gestor do programa.

Foto: divulgação

Os homenageados serão as empresas: Alcoa, Anglo American, Banco do Brasil, Bradesco, Braskem (que incorporou o membro fundador Quattor), BRF, Companhia Energética do Estado de São Paulo (Cesp), Companhia Paranaense de Energia (Copel), EDP, Furnas, Ford, Grupo Boticário, Itaú, Natura, Polícia Federal, Santander, Suzano e Whirlpool.

Atualmente, o GHG Protocol conta com 140 empresas participantes, que atuam nos mais diversos setores da economia brasileira. Além dos inventários revelarem a maturidade da gestão das emissões de GEE dessas companhias, também pode apontar o que é preciso para a transição destas organizações para atividades menos intensivas em carbono.

"O inventário é uma ferramenta importante por ser o primeiro passo para que as organizações gerenciem suas emissões de carbono. Em um mundo com pressão crescente para que as empresas diminuam seus impactos sobre o clima, é crucial que os gestores conheçam as formas mais eficazes de fazê-lo", finaliza Magalhães.