Renner lança coleção de jeans reciclado e cria selo para iniciativas sustentáveis

Após comercializar mais de 3 milhões de peças feitas com matérias-primas menos impactantes ao meio ambiente, a Renner lançou na última quarta-feira (23) uma coleção de jeans reciclado. As peças são desenvolvidas a partir de um processo colaborativo com seus fornecedores, dentro do conceito de fechamento de ciclo da economia circular.

A essência do projeto é o reaproveitamento de resíduos gerados pela cadeia de fornecimento da Renner: as sobras têxteis de jeans são desfibradas, dão origem a um novo tecido e então voltam para o processo produtivo do fornecedor inicial, que usa a matéria-prima reciclada para confeccionar as roupas para a varejista.

Foto: divulgação

A coleção, que leva o nome de Re Jeans, é composta por diferentes peças femininas, entre calças, shorts, blusas e vestidos. Os produtos podem ser adquiridos em 85 lojas selecionadas (Brasil e Uruguai) e no e-commerce.

"Esta é mais uma iniciativa da Renner para incentivar o consumo de roupas que tenham apelo de moda, qualidade e sejam produzidas com componentes menos impactantes ao meio ambiente. Estamos engajados em avançar cada vez mais neste propósito", afirma o diretor presidente da Lojas Renner, José Galló.

O lançamento do jeans feito em um processo de economia circular marca a criação do selo Re – Moda Responsável, que simboliza o jeito de a Lojas Renner pensar e praticar a sustentabilidade – e, nesse sentido, passa a assinar todas as ações voltadas para este tema.