Thyssenkrupp desenvolve tecnologia para produzir hidrogênio verde

À medida que as fontes de energia renováveis continuam sua história de sucesso global, cresce a demanda por integrá-las ao cenário energético e industrial da atualidade. Empresas de diversos setores têm investido em pesquisa e desenvolvimento para criar tecnologias inovadoras com o intuito de tornar os processos industriais cada vez mais sustentáveis e aumentar a competitividade das usinas.

Com base nas principais tecnologias mundiais de eletrólise, os especialistas da Thyssenkrupp desenvolveram uma solução que torna a produção, em grande escala, de hidrogênio a partir de eletricidade economicamente atraente para aumentar a eficiência das usinas: a tecnologia eletrólise alcalina de água em escala industrial para grandes projetos, divide a água em hidrogênio e oxigênio, e fornece "hidrogênio verde", um portador de energia limpa e livre de CO². Os únicos insumos necessários para esta divisão são água e eletricidade, proveniente de parques eólicos ou sistemas fotovoltaicos, por exemplo.

A produção de “hidrogênio verde” é ideal para o armazenamento de energia a longo prazo, mobilidade de hidrogênio e outras aplicações, otimizando o uso de fontes de energia renováveis.

“Com o nosso processo de eletrólise da água, trouxemos com sucesso uma tecnologia para a maturidade do mercado, que é de grande importância para a transição energética”, afirma Sami Pelkonen, CEO da unidade de negócios Electrolysis & Polymers Technologies da Thyssenkrupp Industrial Solutions.

O hidrogênio não é apenas um transportador de energia limpa no armazenamento de energia a longo prazo, rede de gás ou uso em veículos com célula de combustível. Quando produzido a partir de energia renovável, pode tornar sustentável a produção de químicos essenciais. Um bom exemplo é a “amônia verde”, que pode ser produzida apenas com água, ar e luz solar (ou vento). E a partir disso, outros fertilizantes podem ser produzidos em plantas integradas através da amônia.

“Com décadas de experiência no desenvolvimento e construção de plantas de eletrólise, conseguimos desenvolver nosso produto para atender às demandas mais importantes dos nossos clientes: projetos fáceis de entregar e instalar, altamente eficientes, com investimento e custo de operação mínimos”, afirma Roland Käppner, chefe de Armazenamento de Energia e Hidrogênio da Thyssenkrupp Uhde Chlorine Engineers.