Air Liquide inicia produção de hidrogênio sem carbono na Dinamarca

A Air Liquide inaugurou recentemente, na cidade de Hobro, Dinamarca, a HyBalance, uma unidade piloto para a produção de hidrogênio sem carbono. A instalação utiliza tecnologia de eletrólise e permite equilibrar a rede elétrica e armazenar toda a eletricidade excedente na forma de hidrogênio, que será utilizado na indústria e no transporte. Esse projeto, iniciado em 2016, tem o financiamento da Fuel Cells e da Hydrogen Joint Undertaking (FCH JU), uma parceria público-privada europeia.

Foto: Página Sustentável

A Dinamarca é pioneira na integração de energias renováveis no mix energético nacional, sendo que 40% da eletricidade do país é produzida a partir de turbinas eólicas. Ao compensar a intermitência de energia renovável, o hidrogênio oferece uma solução de armazenar a eletricidade excedente para enfrentar os desafios impostos pela transição energética.

“A energia do hidrogênio possui um potencial extraordinário para apoiar a transição energética. A Air Liquide tem orgulho de fazer parte do projeto HyBalance. Ele também contribui com o compromisso do grupo de desenvolver soluções tecnológicas para reduzir as emissões de gases do efeito estufa, com o objetivo de enfrentar as mudanças climáticas”, disse o vice-presidente sênior, François Darchis.

O eletrolisador instalado na planta, com uma capacidade de 1,2 MW, possibilita a produção de cerca de 500 kg de hidrogênio por dia, sem liberar CO2. Além de ser fornecido para os clientes industriais, o hidrogênio produzido também é utilizado para abastecer a rede de cinco estações de hidrogênio operadas pela Copenhagen Hydrogen Network (CHN), uma subsidiária da Air Liquide na Dinamarca.

Tequaly passa a operar com sistema de saneamento básico em todo Brasil
Baterias residenciais formam rede de armazenamento na Alemanha
Nove mil anos em doze
Romênia propõe avanço modesto das renováveis