Aneel vai fiscalizar barragens de 130 usinas até maio

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai iniciar uma força-tarefa para fiscalizar as barragens de 130 usinas hidrelétricas até maio. A primeira reunião com as agências reguladoras estaduais conveniadas, que vão ajudar na fiscalização, acontece na próxima terça-feira (5). As agências estaduais de São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás foram convocadas para o encontro.

Foto: Divulgação

A Aneel é responsável pela fiscalização de 437 hidrelétricas que totalizam 616 barragens. Destas, a agência fez vistorias em 122 usinas entre 2016 e 2018. A força-tarefa deste ano contemplará usinas que não foram visitadas nesse período. Assim, considerando as fiscalizações dos últimos três anos e a força-tarefa que agora se inicia, até maio de 2019 cerca de 60% das usinas (sob supervisão da Aneel) serão fiscalizadas in loco.

“Vamos chamar as agências estaduais conveniadas para avançar, em 2019, nessa campanha de fiscalização, juntamente com equipes credenciadas e o grupo de fiscalização”, disse o diretor-geral da Aneel, André Pepitone da Nóbrega.

A Aneel vai exigir este ano atualização do Planos de Segurança de Barragem de todas as usinas (sob sua fiscalização) independentemente no nível de risco. Na lista das barragens fiscalizadas pela agência, Americana e Pirapora, ambas em São Paulo, estão na categoria risco. 

Link relacionado:

Órgãos públicos priorizam fiscalização de 3387 barragens vulneráveis

 

Aeroporto Salvador Bahia pretende economizar 2 milhões de m³ com sistema de reuso
Energia solar fotovoltaica ocupa sétima posição na matriz elétrica brasileira e ultrapassa nuclear
Setor sucroenergético impulsiona economia e preservação do meio ambiente no Triângulo Mineiro
FSC reforça a importância das florestas para o desenvolvimento sustentável