Aplicativo de entrega de bebidas dá 70% de desconto como incentivo ao consumo de embalagens retornáveis

Durante a semana do consumo consciente socioambiental, de 15 a 21 de outubro, o Zé Delivery, startup de entrega rápida de bebidas com preços baixos, e a cerveja Skol se unem para estimular o uso de embalagens retornáveis na grande São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Foto: divulgação

O objetivo da ação conjunta é despertar nos consumidores atitudes mais conscientes em relação ao conceito de economia circular. As marcas assumem, assim, um compromisso social de incentivar o consumo de cerveja em garrafas de vidro retornáveis, que podem ser reutilizadas cerca de 20 vezes no mercado. Atualmente, uma em cada três garrafas vendidas pelo Zé Delivery é retornável (contra 1 em cada 4 em supermercados) e esses produtos já estão presentes em mais de 20% dos pedidos totais. Com o esforço de conscientização e incentivo de preço da startup, único aplicativo de entrega que trabalha com esse tipo de embalagem, os produtos mais vendidos nos últimos meses já são retornáveis.

Para se unir ao movimento, basta o novo consumidor acessar www.ze.delivery/retornaveis, inserir o e-mail para receber o desconto e realizar seu pedido no site. Para clientes antigos, a startup trabalhará mecânica semelhante por meio de seus canais próprios. Depois de consumir, o cliente pode guardar as embalagens em casa para uma compra futura, pagando apenas pelo líquido.

“Nosso objetivo com a ação é possibilitar que qualquer pessoa possa curtir, pagando muito pouco por isso, mas de forma consciente. Sabemos que criar uma cultura de responsabilidade exige esforço, portanto, aproveitamos o dia do consumo consciente, combinado ao fato de sermos o único app de venda de bebidas em embalagem retornável no Brasil, para convidar nossos clientes a repensar seus hábitos de consumo”, explica Cláudio Azevedo, Head de Marketing e Growth da startup.

Calendário 2019
Solvay inaugura fábrica no Brasil e amplia participação na química sustentável
Mudanças do clima estão tornando os incêndios maiores, mais quentes e perigosos
Mulheres, inovação e protagonismo