Bike Itaú incentiva economia de CO2 na semana da mobilidade

O Bike Itaú, sistema de bicicletas compartilhadas operado pela Tembici com o patrocínio do Itaú Unibanco, vai incentivar os brasileiros a reduzirem emissões de CO2 por meio do uso de bicicletas. A campanha, chamada de Bike X CO2, começou na segunda-feira (16) e vai até a próxima segunda-feira (23) em comemoração à semana de mobilidade. Os clientes terão desconto de 50% na compra do plano anual do Bike Itaú em todo o Brasil e também no Chile.

A campanha surge da reflexão sobre o aumento do aquecimento global e, principalmente, sobre quais medidas podem contribuir para amenizar a emissão de gases poluentes na atmosfera. Dentro desse contexto, as duas empresas, Tembici e Itaú Unibanco, decidiram se juntar para desafiar os usuários do Bike Itaú a economizarem 59 toneladas de CO2, somente na semana da mobilidade. A conta foi feita baseada no uso das bikes em uma semana normal e acrescentado um percentual de 20% de viagens para garantir o desafio.

"A bicicleta permite redução nas emissões de poluentes e também a mitigação da poluição até mesmo para quem a emite. Precisamos trabalhar este tema de uma maneira conjunta. Nós do Itaú Unibanco contamos com entidades e parceiros para fomentar políticas públicas ao entorno deste tema", destaca a superintendente de Relações Institucionais, sustentabilidade e negócios inclusivos do Itaú Unibanco, Luciana Nicola.

A meta é desafiadora, mas as laranjinhas vêm contribuindo para a conservação do meio ambiente. Desde janeiro de 2019, foram evitadas mais de 4 mil toneladas de emissões de CO2, devido aos mais de 60 milhões de quilômetros pedalados pelos usuários do Bike Itaú, contando as sete operações do sistema: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Grande Recife, além de Santiago, no Chile, e Buenos Aires, na Argentina.

"Mobilidade ativa e sustentabilidade são causas que andam sempre juntas. Desde que fundamos a Tembici, há quase 10 anos, nosso propósito é facilitar o ir e vir das pessoas, mas também conscientizá-las sobre o poder transformador do modal e o impacto que causam ao seu redor. A meta que lançamos é desafiadora e reforça essa reflexão, mas temos certeza que vamos conseguir superá-la e, juntos, contribuir ainda mais para a preservação ambiental", comenta Tomás Martins, CEO da Tembici.

Ternium transforma sucata em aço de qualidade
ES: EDP instala posto elétrico em Cachoeiro de Itapemirim
Metrô de São Paulo abastece estações com água subterrânea
Amazônia, soberania e governança global