Ecoera: com 50% de peças em algodão sustentável, C&A vence a quarta edição do prêmio

A marca global de varejo de moda C&A é a vencedora da 4ª edição do Prêmio Ecoera. A premiação tem como objetivo analisar práticas sustentáveis nas indústrias da moda, beleza e do design.

Com mais de 170 anos de história, a marca venceu na categoria Ecoera, que abrange as categorias planeta (avalia práticas relacionadas ao meio ambiente) e pessoas (avalia ações relacionadas aos trabalhadores e comunidades locais).

Chiara Gadaleta e Márcia Costa, vice-presidente de Gente & Gestão na C&A Brasil

"O objetivo desse raio x do mercado é propor reflexões de mudanças culturais e de construção de uma economia de impacto positivo", explica a idealizadora do prêmio, Chiara Gadaleta.

Desde 2009, a empresa publica seu desempenho socioambiental, por meio de relatórios de sustentabilidade e, desde 2016, o relatório passou a ser global. A C&A, possui o Movimento ReCiclo e o Programa Lixo Eletrônico, que consistem em descarte de roupas e de celulares, pilhas e baterias, respectivamente. Para os próximos anos, a companhia prevê redução de 20% de suas emissões de carbono e metas e compromissos estabelecidos em sua plataforma global de sustentabilidade até 2020.

FSC como instrumento para a conservação da biodiversidade
Shopping Anália Franco instala sistema de reuso de água
ABB apresenta fábrica neutra em CO2 na Alemanha
Brasil está em 56º lugar no ranking de iniciativas urbanas sustentáveis