Ecoera: com 50% de peças em algodão sustentável, C&A vence a quarta edição do prêmio

A marca global de varejo de moda C&A é a vencedora da 4ª edição do Prêmio Ecoera. A premiação tem como objetivo analisar práticas sustentáveis nas indústrias da moda, beleza e do design.

Com mais de 170 anos de história, a marca venceu na categoria Ecoera, que abrange as categorias planeta (avalia práticas relacionadas ao meio ambiente) e pessoas (avalia ações relacionadas aos trabalhadores e comunidades locais).

Chiara Gadaleta e Márcia Costa, vice-presidente de Gente & Gestão na C&A Brasil

"O objetivo desse raio x do mercado é propor reflexões de mudanças culturais e de construção de uma economia de impacto positivo", explica a idealizadora do prêmio, Chiara Gadaleta.

Desde 2009, a empresa publica seu desempenho socioambiental, por meio de relatórios de sustentabilidade e, desde 2016, o relatório passou a ser global. A C&A, possui o Movimento ReCiclo e o Programa Lixo Eletrônico, que consistem em descarte de roupas e de celulares, pilhas e baterias, respectivamente. Para os próximos anos, a companhia prevê redução de 20% de suas emissões de carbono e metas e compromissos estabelecidos em sua plataforma global de sustentabilidade até 2020.

Tequaly passa a operar com sistema de saneamento básico em todo Brasil
Baterias residenciais formam rede de armazenamento na Alemanha
Nove mil anos em doze
Romênia propõe avanço modesto das renováveis