Enel cria plano de mobilidade para deslanchar carro elétrico no Brasil

A mobilidade elétrica está se expandindo rapidamente em todo o mundo, com o ritmo de crescimento excedendo todas as expectativas, já que 4 milhões de veículos foram vendidos até hoje. Sinais positivos também surgiram na Itália, com uma aceleração dos registros de plug-ins e veículos totalmente elétricos, que dobraram nos primeiros oito meses de 2018 em comparação com o mesmo período de 2017.

A Enel X continua com a implementação do plano nacional de infraestrutura de carregamento e está lançando novas soluções de cobrança, soluções turn-key modulares e dimensionáveis projetadas para indivíduos, empresas e organizações governamentais. As novas ofertas e o estado de progresso do programa foram apresentados recentementes.

"Nosso desafio é impulsionar a transição energética, com a eletricidade como o principal vetor para alcançar uma descarbonização profunda de todos os setores, em primeiro lugar o transporte. Para implementar nosso plano nacional de infraestrutura de carregamento, já assinamos acordos para cerca de 4.300 estações de recarga com as administrações do governo, bem como com empresas industriais e comerciais, o que nos possibilitará que a implementação de nosso plano nacional de infraestrutura de carregamento prossiga rapidamente para garantir que o carro elétrico se torne um veículo para todos", diz o CEO da Enel, Francesco Starace.

Foto: Página Sustentável 

A Enel empreendeu um plano de cinco anos para a instalação de infraestrutura de recarga na Itália: 14.000 estações até 2022, com um investimento total de até 300 milhões de euros. O plano da Enel prevê uma cobertura abrangente em todas as regiões italianas. É um plano dinâmico e flexível, aberto a todos aqueles (organizações públicas e privadas) que desejam colaborar na expansão da mobilidade elétrica na Itália. Essa vasta rede ajudará a superar o medo de ficar sem energia (a chamada ansiedade de autonomia) e a acelerar a oferta de carros elétricos na Itália, estimulando os fabricantes de automóveis a trazer novos modelos para o mercado.

O plano prevê a instalação de estações de carregamento de 22 kW (Quick), estações de 50 kW (Fast) e mais de 150 kW (Ultrafast). Para implementar o projeto, além das administrações governamentais, estão envolvidos atores do setor privado, propondo a instalação de infraestrutura de cobrança em shopping centers ou chegando a acordos com fabricantes de automóveis. A empresa está buscando acordos para a instalação de mais de 13.000 estações de recarga, das quais cerca de 4.300 estações já foram assinadas. Esses acordos estão permitindo a instalação de 60 a 80 estações por semana. Até o momento, 680 novas estações de recarga foram instaladas sob o plano.

"Os dados sobre o crescimento dos registros de veículos elétricos na Itália são animadores e oferecem enormes oportunidades para as empresas italianas envolvidas. Hoje, estamos apresentando uma gama de serviços e ofertas integradas que atendem às diversas necessidades de mobilidade de todos os nossos clientes e suas necessidades em diferentes momentos do dia. Ainda há muito a ser feito e para efetivamente promover o setor em nosso país, acreditamos que é necessário desenvolver um acordo-quadro entre as regiões e o estado para harmonizar e padronizar as regras municipais e a distribuição de infraestrutura", explica o responsável Global da Enel X, Francesco Venturini.

PROGRAMA EVA +

O Plano Itália também inclui importantes projetos estratégicos que a Enel X está realizando com parceiros europeus, como o projeto EVA +, financiado pela Comunidade Europeia, que prevê a instalação de colunas Fast Recharge ao longo das principais rodovias na Itália, com o objetivo de instalação de 180 estações de recarga até o final de 2018. As primeiras 100 estações foram instaladas e ativadas, permitindo que os usuários carreguem um veículo elétrico em cerca de 20 minutos.

A Enel X também está colaborando com o consórcio Ionity para instalar e operar as primeiras estações ultrarrápidas na Itália, envolvendo 20 locais que receberão até seis estações cada, capazes de carregar totalmente os veículos elétricos atuais e da próxima geração em 15 a 30 minutos.

A Enel X está à procura de RechargePartners: shopping centers, supermercados, academias, restaurantes e hotéis que querem atrair um seleto grupo de clientes que estão particularmente atentos às tendências tecnológicas, como os atuais usuários de carros elétricos. A empresa iniciou um programa de cooperação experimental com os principais operadores, fornecendo instalação e manutenção sem custo, em troca da disponibilidade de suas áreas de estacionamento por oito anos. A partir de janeiro de 2019, a companhia vai estender o programa para todas as atividades comerciais.

A mobilidade elétrica é uma solução para todos os municípios italianos que desejam melhorar a qualidade do ar e seguir o caminho da sustentabilidade ambiental. Por isso, a Enel X apoia escritórios técnicos municipais na identificação das soluções mais adequadas, fornecendo a instalação e manutenção de toda a infraestrutura sem custo. 

Tetra Pak apresenta websérie sobre histórias de vida daqueles que atuam com reciclagem no país
Qual é a contribuição dos transgênicos para o meio ambiente?
PLD cai 15% em todos os submercados
Agricultura brasileira e redução dos gases de efeito estufa