Ford inicia produção de van elétrica para entrega StreetScooter

A Ford começou a produção da van elétrica StreetScooter WORK XL na fábrica de Colônia, na Alemanha. O modelo, baseado no chassi da Transit, é equipado com motor elétrico e carroceria projetados e construídos de acordo com as especificações da marca StreetScooter, fabricante alemã de veículos elétricos.

Foto: divulgação

A WORK XL é a maior van de entregas do portfólio da StreetScooter, com volume de carga de 20 m³, espaço para mais de 200 pacotes, e uma carga útil de até 1.275 kg. A empresa fabricará a van com uma variedade de motores elétricos e baterias de íons de lítio, fornecendo até 90 kW (122 cv) e torque máximo de 276 Nm. Com capacidade de bateria de até 76 kWh, a WORK XL tem autonomia de até 200 quilômetros. Em comparação com os modelos a diesel, cada furgão elétrico oferecerá uma redução nas emissões de CO2 de 5 toneladas por ano e uma economia de 1.900 litros de combustível.

"Com a Ford, encontramos o parceiro ideal, que entende nossa forma de produção flexível voltada para o cliente. Juntos, estamos promovendo a eletromobilidade na Alemanha e tornando o tráfego de entrega nas cidades mais ambientalmente amigável e silencioso. Com a WORK XL StreetScooter, agora temos a van perfeita para entrega de encomendas em áreas metropolitanas, que no futuro também beneficiarão outras empresas de transporte ", disse o Prof. Dr. Achim Kampker, CEO e fundador da StreetScooter.

A companhia está investindo € 9,5 bilhões e planeja entregar 16 veículos totalmente elétricos dentro de um portfólio global de 40 modelos eletrificados até 2022. "A produção do WORK XL em nossa fábrica em Colônia reúne a inigualável experiência da Ford em veículos comerciais e os pontos fortes da StreetScooter, uma start-up ágil", disse o diretor de Desenvolvimento de Produtos da Ford Europa, Joerg Beyer. "Este projeto conjunto destaca que, além de ser uma fabricante de volume, também podemos fornecer linhas de produção menores."

Calendário 2019
Mudanças do clima estão tornando os incêndios maiores, mais quentes e perigosos
Mulheres, inovação e protagonismo
Solvay inaugura fábrica no Brasil e amplia participação na química sustentável