Grupo 3corações lança projeto que une cultura indígena, café e floresta amazônica

O Grupo 3corações lança iniciativa que tem como principal objetivo valorizar o trabalho que indígenas produtores de café estão realizando no coração da floresta amazônica e, com isso, dar protagonismo a eles. O projeto fomenta um desenvolvimento sustentável amparado nos pilares social, ambiental e econômico interagindo de forma harmoniosa.

Foto: Página Sustentável

A companhia está construindo este trabalho com os povos indígenas do estado de Rondônia na Terra Indígena Sete de Setembro, localizada na cidade de Cacoal, e Terra Indígena Rio Branco, na cidade de Alta Floresta. E para celebrar o início desta parceria, o Grupo 3corações realizou a doação de mudas de café aos povos indígenas como uma forma de simbolizar o plantio de novas oportunidades e uma parceria duradoura. Além disso, visando a sustentabilidade, o reconhecimento e a valorização, o Grupo 3corações comprará 100% dos cafés cultivados nas duas Terras Indígenas.

O projeto engloba iniciativas de capacitação para dar acesso as melhores práticas na produção de cafés de qualidade. O primeiro treinamento com foco em cafés de qualidade ocorreu em março de 2019 no município de Ouro Preto do Oeste para lideranças indígenas que levarão adiante os conhecimentos adquiridos. A companhia também está investindo na infraestrutura necessária nas aldeias para viabilizar aprodução dos cafés almejados.

"Ao longo dos 60 anos de história do Grupo 3corações, buscamos parcerias genuínas e duradouras. Este é um projeto que caminha neste sentido e além disso valoriza a diversidade cultural que existe no Brasil. Como maior empresa de cafés do país com 27% de Market Share, temos responsabilidade de desenvolver a cadeia produtiva do café e este projeto é uma oportunidade única de uma iniciativa sustentável que une riquezas do Brasil e cria valor para todos os envolvidos", diz o presidente da companhia, Pedro Lima.

Shopping Parque da Cidade adota inovação em sistemas de gestão da água
Projeto fortalece posição estratégica do etanol
Encontro no Sesc Avenida Paulista discute os caminhos do fotoativismo
Transformar cidades em um lugar melhor para viver: o futuro sendo construído hoje