Legado das Águas é o vencedor do prêmio automação

O projeto Código Verde é o vencedor do Prêmio Automação na categoria Sustentabilidade. A tecnologia de rastreabilidade automatizada, implementada no viveiro de mudas do Legado das Águas, no Vale do Ribeira (SP), torna possível garantir o padrão de qualidade durante todo o processo de manejo da muda, da coleta na matriz até o destino final.

O projeto foi um trabalho em conjunto da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, a PariPassu, a Zebra Technologies e a 3M com o Legado das Águas – maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil, com 31 mil hectares, administrada pela Reservas Votorantim. 

Foto: divulgação

"Estamos muito felizes com esse reconhecimento, pois fomos revolucionários ao incluir o padrão GS1 e a tecnologia de QRCode em nossas mudas. Nosso viveiro tem a proposta de ser um importante polo ambiental e social, destinado ao desenvolvimento econômico local aliado à conservação desse bioma tão ameaçado. Garantir aos nossos clientes a procedência das nossas mudas comprova o nosso compromisso de manter a Mata Atlântica em pé", afirma a gerente executiva da Reservas Votorantim,  Frineia Rezende. 

A premiação é promovida pela GS1 Brasil, como uma homenagem à criatividade e aos esforços das empresas e profissionais brasileiros que apostam na automação e na padronização para aprimorar a gestão dos seus negócios, com soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado.

Calendário 2019
Mulheres, inovação e protagonismo
Mudanças do clima estão tornando os incêndios maiores, mais quentes e perigosos
Solvay inaugura fábrica no Brasil e amplia participação na química sustentável