Órigo Energia conquista prêmio eco com fazendas solares

A Órigo Energia recebeu na última sexta-feira (22) o Prêmio Eco, promovido pela Câmara Americana de Comércio (Amcham), na modalidade Sustentabilidade em Produtos ou Serviços para Empresas de Médio Porte. A conquista veio com as quatro fazendas solares construídas em Minas Gerais, no último ano, e a redução do valor da conta de luz que gerou por meio da energia limpa para diversas PMEs - somente a fazenda solar da cidade de João Pinheiro gerou um valor de economia acumulada de R$ 230 mil, para 63 clientes em todo o estado.

Foto: Página Sustentável

Atualmente com capacidade para abastecer 1.500 negócios, a Órigo vai construir mais cinco fazendas solares no estado de Minas Gerais este ano, dobrando a geração e  quantidade de PMEs que podem se beneficiar da economia. 

“Conquistar o Prêmio Eco é uma grande satisfação para a Órigo e indica que estamos no caminho certo. O reconhecimento traz ainda mais motivação para expandirmos nosso projeto, levando energia limpa e economia para outras PMEs de Minas Gerais. Queremos democratizar o acesso para a energia sustentável, e a alta adesão pelos pequenos e médios empreendedores nos ajuda nessa missão”, disse o CEO da Órigo, Surya Mendonça. 

Para a construção de uma fazenda solar, a equipe técnica da Órigo analisa pontos como a irradiação solar do local ao longo do ano e se a terra é improdutiva, para não comprometer a atividade agrícola da região. Cada fazenda conta com investimento aproximado de R$ 25 milhões, aproximadamente 20 mil painéis solares e é capaz de gerar 5 MW ao mês – a companhia gerou mais de 1 mil empregos com a construção das quatro fazendas.

O Prêmio Eco é a primeira ação brasileira de reconhecimento e divulgação da sustentabilidade empresarial. Ao longo de três décadas, a premiação mobilizou quase 3.373 companhias nacionais e multinacionais, que inscreveram três mil projetos. Desse montante, 363 foram premiados.

 

Shopping Anália Franco instala sistema de reuso de água
FSC como instrumento para a conservação da biodiversidade
ABB apresenta fábrica neutra em CO2 na Alemanha
Brasil está em 56º lugar no ranking de iniciativas urbanas sustentáveis