PR: projeto Museu Planeta Água avança com a primeira reunião do conselho

A primeira reunião oficial de 2019 para a construção do Museu Planeta Água aconteceu, na última quinta-feira (21), na unidade da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), no bairro Tarumã, local onde o museu será construído. Durante o encontro, assuntos como planejamento, cronograma físico-financeiro-conceitual e a definição da metodologia para execução do projeto foram alguns temas discutidos. 

O Museu Planeta Água, idealizado pela Associação Brasileira do Conhecimento (Egeo) e desenvolvido pela Straub Design, será o primeiro espaço museográfico totalmente dedicado a desvendar segredos, mistérios, origem e uso da água, numa abordagem abrangente e multidisciplinar, apresentando aspectos científicos, históricos, sociais, educacionais e de saúde, com previsão de inauguração em 2020. O projeto tem o apoio da Sanepar, CTG Brasil, Companhia Paranaense de Gás (Compagás) e Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE).

Foto: Divulgação

Formado por oito especialistas dos setores de Sustentabilidade, Meio Ambiente e Água, o Conselho Consultivo é constituído pelo vice-presidente da CTG Brasil, José Renato Domingues; o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Júlio Gonchorosky; o diretor adjunto de Meio Ambiente da Sanepar, Fernando Guedes; a museóloga, Karina Muniz Viana; a doutora em Engenharia Florestal e Conservação da Natureza e bióloga do instituto The Nature Conservancy (TNC), Marília Borgo; o oficial de Meio Ambiente da Unesco no Brasil, Massimiliano Lombardo; a jornalista especialista em Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da CTG Brasil, Salete da Hora; e o consultor em Sustentabilidade Empresarial, Ricardo Voltolini.

"Nasce em Curitiba o Museu Planeta Água. Educação, conhecimento e consciência sobre a água e seus impactos para a humanidade. A CTG Brasil se orgulha muito em contribuir com essa iniciativa", disse Domingues.

A criação do Museu Planeta Água foi aprovada pelo Ministério da Cultura, com a pretensão de integrar a Rede Mundial de Museus de Água - iniciativa no âmbito do Programa Hidrológico Internacional liderado pela Unesco.

"Um dos objetivos da Sanepar é proporcionar à população um espaço cultural, histórico, tanto para o Paraná quanto para o Brasil e ser referência internacional do maior ativo da companhia, a água. Não vamos poupar esforços para isso", comentou Gonchorosky.

 

 

Shopping Parque da Cidade adota inovação em sistemas de gestão da água
Projeto fortalece posição estratégica do etanol
Transformar cidades em um lugar melhor para viver: o futuro sendo construído hoje
Encontro no Sesc Avenida Paulista discute os caminhos do fotoativismo