Projeto socioambiental coleta 460kg de resíduos sólidos de escolas públicas

Um dos problemas crônicos do Brasil, os impactos relacionados à geração e ao manejo inadequado dos resíduos sólidos são sentidos em todas as camadas da sociedade. Para chamar a atenção deste grande gargalo nacional, o projeto Estação Sustentável entrou em ação para semear boas práticas ambientais em escolas públicas e comunidades de Linhares, no norte do Espírito Santo, e Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba (PR). A oitava edição do projeto, idealizado pela Leão Alimentos e Bebidas, traz como tema em 2018 a importância da gestão dos resíduos sólidos.

Em Linhares, participam do Estação Sustentável as escolas Caboclo Bernardo, Jose Modeneze, Efigênia Sizenando, Eliana Correa Pinafo e Zeferino Fiorot. Já em Fazenda Rio Grande (PR), integram o projeto as instituições Arnaldo Busato, Alcides Mario Pelanda e Guisela Kuss Rieke. Um diagnóstico apontou que material orgânico, papel, plástico e garrafa pet são os resíduos sólidos mais gerados nestas escolas.

Foto: divulgação

Dentro desse cenário, estudantes do Ensino Fundamental I e II, incluindo alunos de classe especial, foram estimulados a identificar e a coletar resíduos sólidos dentro do ambiente escolar, sempre acompanhados e orientados por professores capacitados profissionalmente para as atividades do Estação Sustentável. A ação resultou na coleta de cerca de 460kg de resíduos sólidos descartados inadequadamente nas escolas, impactando mais de 3 mil estudantes direta e indiretamente com relação aos conceitos da sustentabilidade.

"O principal objetivo é fazer com que os estudantes, famílias e comunidades tenham um olhar diferente para a questão do lixo e se engajem na separação e destinação correta dos resíduos", comenta o gerente de Desenvolvimento Sustentável da Leão Alimentos e Bebidas, Fabiano Rangel. "Quando os alunos e os demais agentes envolvidos se identificam com as causas ambientais e a responsabilidade social, eles se sentem mais seguros para exercitar a cidadania" finaliza Rangel. 

As Secretarias Municipais de Meio Ambiente de Linhares (ES) e Fazenda Rio Grande (PR) são responsáveis pela orientação e apoio no transporte e destinação correta dos resíduos. O projeto Estação Sustentável também conta com a parceria de associações de catadores para pesagem, triagem e destinação dos resíduos.

Paralelamente à coleta dos resíduos sólidos, cada escola fez uma votação interna para definir qual projeto seria desenvolvido, de acordo com sua principal necessidade. Todos os projetos traçados são multidisciplinares.

"A proposta é provocar a mudança social, visando à sensibilização diante das questões ambientais e a urgência de mudanças de hábitos na preservação de recursos naturais", destaca a secretária municipal de Educação de Linhares, Maria Olimpia Dalvi Rampinelli.

Calendário 2019
Mulheres, inovação e protagonismo
Mudanças do clima estão tornando os incêndios maiores, mais quentes e perigosos
Solvay inaugura fábrica no Brasil e amplia participação na química sustentável