Toyota vai fabricar veículo híbrido flex no Brasil

A japonesa Toyota apresentou o Prius Híbrido Flex, na última quarta-feira (24), para integrantes do Ministério de Minas e Energia (MME). O novo modelo, movido a eletricidade e etanol, será fabricado em Indaiatuba (SP) com investimento de R$ 1 bilhão.

Foto: Página Sustentável

O etanol utilizado nos automóveis flex recebem o incentivo do RenovaBio, programa lançado em 2017, para ampliar a participação do álcool hidratado e do biodiesel dando maior previsibilidade para a matriz de combustíveis. A indústria automobilística tem se atualizado para reduzir a intensidade de emissões de gases do efeito estufa através das novas tecnologias.

“O modelo apresentado pela Toyota é um exemplo de nova tecnologia que tende a crescer por incentivar o uso de energia limpa, além de incorporar duas áreas importantes: econômica e ambiental”, disse o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, durante a demonstração do Prius Híbrido Flex.

Renováveis na Alemanha passam o carvão
Uso da água, de novo e sempre
PLD é fixado em R$ 166,17 MWh no Sudeste e Sul
Levaremos 120 anos para aproveitar o potencial da bioeletricidade?