Uber Eats propõe pacto para reduzir uso de plástico

O Uber Eats, o app da Uber que conecta você aos melhores restaurantes da cidade, lançou nesta semana um convite a seus milhares de restaurantes parceiros, em 38 cidades do país, em nome de um consumo sustentável. A plataforma está fazendo um pedido para que os estabelecimentos passem a enviar talheres plásticos descartáveis e canudinhos apenas aos clientes que precisarem.

Hoje, a estimativa é que 65% dos pedidos mediados pelo Uber Eats na América Latina carreguem vários desses itens. Com a nova política, o app espera cortar esses números pela metade.

Foto: Divulgação

"Nós acreditamos que, nos próximos anos, o ecossistema de entrega de comida vai se tornar mais e mais eficiente, a ponto de fazer parte da vida diária de milhões de pessoas no Brasil todo, como acontece com a Uber. Reduzir a quantidade de plásticos envolvidos no processo é mais do que a coisa certa a se fazer: é uma necessidade", diz o diretor-geral do Uber Eats no Brasil, Delon White.

Entre os participantes já estão mais de 450 estabelecimentos, incluindo grandes redes como Burger King e Vivenda do Camarão.

O empreendedor do restaurante FiqFit, Cesar Valentini, comemora a oportunidade não só de difundir práticas sustentáveis mas também de cortar custos: "Tenho um gasto fixo com descartáveis que não traz nenhum grande benefício para o cliente. Ter a chance de reduzir gastos ao mesmo tempo é excelente", disse Valentini.

Em setembro, o Rio de Janeiro se tornou a primeira capital brasileira a punir bares e restaurantes que usam canudinhos de plástico. Em dezembro, a União Europeia aprovou um plano para banir produtos plásticos descartáveis que deve entrar em vigor nos próximos dois anos. A Comissão Europeia argumenta que pouco menos de um terço dos resíduos plásticos é reciclado, e que a maior parte deles acaba nos mares e oceanos.

Os restaurantes parceiros que participarem da iniciativa vão passar a exibir em seus cardápios um campo em que os usuários terão de escolher entre duas alternativas: "não, quero ajudar a reduzir o consumo de plástico" e "sim, preciso de descartáveis".

Clientes que quiserem usar a adesão a esse pacto como um critério para escolher o seu restaurante vão poder identificar todos os participantes por meio da observação: "restaurante com uso de plástico reduzido".

Shopping Parque da Cidade adota inovação em sistemas de gestão da água
Projeto fortalece posição estratégica do etanol
Transformar cidades em um lugar melhor para viver: o futuro sendo construído hoje
Encontro no Sesc Avenida Paulista discute os caminhos do fotoativismo