Consumo de energia cresce 1,8% em dezembro

O consumo de energia elétrica aumentou 1,8% em dezembro, quando comparados ao mesmo período de 2017. No Sistema Interligado Nacional (SIN) alcançou 63.165 MWmédios, frente aos 62.041 MWmédios consumidos no último mês de 2017. Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

O Ambiente de Contratação Regulado – ACR (cativo), no qual os consumidores (residenciais, comerciais, industriais, rurais, serviços, iluminação pública e outros) são atendidos pelas distribuidoras, teve aumento de 1,2% no consumo, número que leva em conta na análise a migração de consumidores para o mercado livre no Ambiente de Contratação Livre (ACL). Caso esse movimento dos agentes fosse desconsiderado, o consumo seria 2,4% maior, índice com impacto direto das altas temperaturas registradas em 2018, na comparação com o mesmo período de 2017.

Foto: Página Sustentável

No ACL, onde as empresas compram energia diretamente dos fornecedores (com consumidores de atividade industrial, comercial e serviços), o consumo cresceu 3,3% quando a migração é incluída na análise. Sem a inclusão das novas cargas oriundas do ACR, o consumo aumentaria 0,4%.

Dentre os ramos da indústria avaliados pela CCEE, incluindo dados de autoprodutores, varejistas, consumidores livres e especiais, os setores têxteis (+12,6%), de bebidas (+7%) e de minerais não metálicos (+6%) foram os segmentos com maior evolução no consumo, quando a migração não é considerada na análise. Por outro lado, os ramos de veículos (-8,5%), metalurgia e produtos de metal (-3,7%) e de comércio (-2,1%) apresentaram retração no consumo dentro do mesmo cenário sem migração.

A estimativa da produção das usinas hidrelétricas integrantes do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE), em dezembro, equivalente a 99,42% de suas garantias físicas, ou 50.819 MWmédios em energia elétrica. Para fins de repactuação do risco hidrológico, o percentual é de 92,52%.

Tecpar busca parceiros para estimular pesquisa e desenvolvimento
EDP inaugura mais um posto de recarga para veículos elétricos no Espírito Santo
Giovani Vitória Machado é o novo diretor da EPE
Novo estudo mostra que restauração em larga escala já está acontecendo na Mata Atlântica