MT: Rally da Safra retorna ao Médio-Norte para avaliar condições das lavouras de soja

O Rally da Safra, principal expedição técnica privada sobre a safra de grãos no Brasil, retorna ao Mato Grosso nesta segunda-feira (4). Os técnicos avaliarão as lavouras de soja de ciclo médio e tardio nas regiões de Cuiabá, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Campo Novo do Parecis, Sorriso, Campos de Júlio e Sinop, finalizando essa etapa dia 9 de fevereiro em Cuiabá.

Além das avaliações em campo, a expedição fará dez eventos regionais e encontros com produtores para debater as condições da safra brasileira. A expedição estima percorrer mais de 95 mil quilômetros neste ano.
Foto: Divulgação

Organizada pela Agroconsult, a expedição deve percorrer mais de 100 mil quilômetros neste ano. A área avaliada pelos técnicos corresponde a 95% da produção de soja e 72% de milho no país. A previsão pré-rally da safra brasileira é de 117,6 milhões de toneladas de soja, a ser confirmada pelos técnicos em campo.

De acordo com Valmir Assarice, coordenador da Equipe 4, o Rally da Safra passou pela região Médio-Norte e pelo Oeste do estado entre os dias 14 e 18 de janeiro avaliando a soja precoce. Os técnicos confirmaram a expectativa inicial de um potencial produtivo pouco abaixo do ano passado. Entre as razões que justificam a baixa produtividade estão a alta nebulosidade em novembro, altas temperaturas de janeiro e encurtamento do ciclo que afetaram, em especial, o peso dos grãos.

"É bom lembrar, porém, que os resultados da soja precoce contam apenas uma parte da história da safra no Médio-Norte e Oeste do Mato Grosso. Agora, vamos a campo para verificar as condições da soja de ciclo médio e tardio", afirma Assarice.

Tecpar busca parceiros para estimular pesquisa e desenvolvimento
Giovani Vitória Machado é o novo diretor da EPE
EDP inaugura mais um posto de recarga para veículos elétricos no Espírito Santo
L´Oréal Brasil e Engie firmam parceria para uso exclusivo de energia renovável