Cinco bilhões de pessoas podem ficar sem água até 2050

Durante o Fórum Mundial da Água, a ONU lança seu relatório sobre o estado da água no mundo com uma projeção tenebrosa: até 2050, mais da metade da população mundial estará passando por crises de falta de água. As causas conjugam o aumento da demanda, a poluição de corpos d’água, claro, a mudança do clima. Evitar este cenário exigirá mudanças dignas do nome, deixar para trás obras de concreto e aço e promover ações baseadas na natureza, no uso do solo e na recomposição da vegetação nativa, como, por exemplo, uma agricultura de conservação que aproveite melhor as chuvas e dependa menos da irrigação. Esta teria ainda o benefício adicional de reverter a degradação dos solos que são essenciais para alimentar o mundo.

Nas palavras do relatório, será necessário passar da tecnologia cinza para a verde.

http://unesdoc.unesco.org/images/0026/002614/261424e.pdf

http://www.valor.com.br/brasil/5392883/infraestrutura-verde-servico-da-agua#

http://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,onu-estima-5-bilhoes-vivendo-em-risco-de-escassez-hidrica-ate-2050,70002232901

https://www.theguardian.com/environment/2018/mar/19/water-shortages-could-affect-5bn-people-by-2050-un-report-warns

http://www.dw.com/en/world-water-councils-braga-water-crises-could-be-coming-to-your-backyard/a-42991441

Fonte: ClimaInfo