Consumo de energia elétrica desacelera em junho

O consumo de energia elétrica na rede totalizou 37.791 GWh em junho, volume 0,4% inferior ao mesmo período de 2017. A região Norte (-10,4%) puxou este resultado em função da queda da atividade de consumidores eletrointensivos industriais do norte do país. Os dados são da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Enquanto o consumo da classe comercial cresceu 0,4% em junho, a classe residencial avançou 1,5% e a industrial reduziu (-3,2%), impactada pela greve dos caminhoneiros nas duas últimas semanas de maio.

                                                                          Foto: Página Sustentável

O mercado cativo das distribuidoras apresentou retração de 2,4% em junho e recuo de 2,7% em 12 meses. Em maio, houve aumento de 1,2% e queda de 3,2% em um ano. No acumulado do ano o crescimento atingiu a taxa de +1,5% - enquanto que em 12 meses a expansão foi de 1,4%.

Em maio, o consumo na rede totalizou 39.143 GWh, volume 2,9% superior em relação ao mesmo mês de 2017. Puxaram este resultado as regiões Sudeste (+3,8%) e Sul (+8,8%).

Em junho, o consumo livre aumentou 4,1% e 12,1% em 12 meses. Subiu para 6,5% em maio e 12,5% no mesmo período do ano anterior. O número de unidades consumidoras de eletricidade cresceu 1,8% em maio em relação ao mesmo mês de 2017. 

 

Cabify adere ao Pacto Global da ONU
Estudo mostra que leis sobre seguro ambiental precisam de aperfeiçoamento
Pirlimpimpim?
Ford inicia produção de van elétrica para entrega StreetScooter