Consumo de energia elétrica desacelera em junho

O consumo de energia elétrica na rede totalizou 37.791 GWh em junho, volume 0,4% inferior ao mesmo período de 2017. A região Norte (-10,4%) puxou este resultado em função da queda da atividade de consumidores eletrointensivos industriais do norte do país. Os dados são da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Enquanto o consumo da classe comercial cresceu 0,4% em junho, a classe residencial avançou 1,5% e a industrial reduziu (-3,2%), impactada pela greve dos caminhoneiros nas duas últimas semanas de maio.

                                                                          Foto: Página Sustentável

O mercado cativo das distribuidoras apresentou retração de 2,4% em junho e recuo de 2,7% em 12 meses. Em maio, houve aumento de 1,2% e queda de 3,2% em um ano. No acumulado do ano o crescimento atingiu a taxa de +1,5% - enquanto que em 12 meses a expansão foi de 1,4%.

Em maio, o consumo na rede totalizou 39.143 GWh, volume 2,9% superior em relação ao mesmo mês de 2017. Puxaram este resultado as regiões Sudeste (+3,8%) e Sul (+8,8%).

Em junho, o consumo livre aumentou 4,1% e 12,1% em 12 meses. Subiu para 6,5% em maio e 12,5% no mesmo período do ano anterior. O número de unidades consumidoras de eletricidade cresceu 1,8% em maio em relação ao mesmo mês de 2017. 

 

Transporte de Produtos, Logística e Frota Sustentável
Rede Brasil promove atividades em conferência mundial sobre mudanças climáticas
CCEE indica aumento de 2% no consumo de energia em novembro
Claro recicla mais de 142 toneladas de eletrônicos