Energia solar e baterias juntas para a redução do custo da energia na ponta

A norte-americana VedantaESS anunciou a instalação de um banco de baterias acoplado a uma central fotovoltaica em Goiás. Os recursos contam com a participação da Agência de Desenvolvimento e Comércio dos Estados Unidos (USTDA). Os clientes preferenciais do projeto são as empresas que pagam uma tarifa mais alta durante as três horas do horário de ponta ou, como vem acontecendo, ligam um gerador diesel durante este período. A primeira instalação terá capacidade de 100 kW, suficiente para evitar a entrada de geradores durante boa parte do ano. A VedantaESS firmou uma colaboração com a Pacto Energia, comercializadora de eletricidade. A parceria pretende oferecer soluções de até 5 MW com baterias com capacidade para até 20 MWh.

https://www.valor.com.br/empresas/5660877/americana-ess-traz-novas-baterias-ao-brasil#

http://vedantaess.com.br/sobre-vedantaess-ltda/

Cabify adere ao Pacto Global da ONU
Ford inicia produção de van elétrica para entrega StreetScooter
Pirlimpimpim?
Enel vai expandir parque eólico no Brasil