Gerdau e BChem transformam óleo usado em energia renovável

A Gerdau lançou em março o programa Bionergia Social, em parceria com a startup Bchem Biocombustíveis, que participa do Acelera Mestrado e Doutorado da FIEMG Lab. O programa tem o intuito de orientar a população sobre os problemas causados pelo descarte incorreto do óleo, bem como produzir energia renovável de forma inovadora a partir da coleta do material e posterior transformação em biodiesel.

As cidades que recebem o programa, nesta primeira fase são: Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Itabirito, Moeda, Ouro Branco e Ouro Preto. Depois, expandirá para Belo Vale, Mariana e Santana do Paraopeba.

Crédito/Foto: Divulgação

A primeira parte do Bionergia Social desenvolverá uma série de atividades educacionais com a comunidade das cidades onde será implementado. Escolas, estabelecimentos comerciais, associações e outras entidades vão receber palestras de conscientização sobre as consequências do descarte incorreto do óleo, que afeta redes de esgoto, represas, rios, oceanos e solo. Com isso, ocorrem entupimentos e altos níveis de poluição, o que compromete a cadeia alimentar aquática, eleva pragas urbanas (ratos e baratas), problemas de higiene e mau cheiro, além de causar danos irreparáveis ao meio ambiente.

Restaurantes, bares, pastelarias, padarias, hospitais, escolas e outros estabelecimentos interessados poderão se cadastrar, por meio da página do Facebook do programa (https://www.facebook.com/bioenergiasocial ), para receberem gratuitamente um coletor de óleo e se tornarem ponto de coleta para a população. O recolhimento do óleo usado será realizado de forma gratuita pela Bchem Biocombustíveis.

Na segunda etapa, com previsão para o segundo semestre de 2018, terá início a produção do biodiesel pela startup, por meio de um processo inovador, que não gera resíduos. Após validações, o combustível será utilizado em equipamentos.

De acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), cada litro de óleo despejado diretamente no meio ambiente contamina até 25 mil litros de água. No processo de tratamento de água para consumo, o descarte incorreto do óleo representa um aumento em até 45% do custo.

Link relacionado:

Conferência Logística Reversa e Reciclagem de Resíduos