Vale do Juruena formaliza parceria para aprimorar cadeia de valor sustentável

A região do Vale do Juruena (MT) tem grande importância na agenda da agricultura familiar por meio das cadeias produtivas de café, cacau, castanha e leite. A região também é produtora de cerca de 35% dos bezerros do estado do Mato Grosso e possui um componente de conservação ambiental relevante devido as extensas áreas de cobertura florestal. Para reforçar o desenvolvimento local, apoiar ações para a redução do desmatamento ilegal e adequação das propriedades ao Código Florestal, a cidade de Juruena formalizou, no último dia 7, uma aliança para a construção das bases de estratégia PCI (Produzir, Conservar e Incluir), visando uma produção mais sustentável no Vale. O documento foi assinado entre a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) e as prefeituras de Juruena e Cotriguaçu, assim como os sindicatos. 

Os pactos são acordos construídos entre os setores público, privado (empresas e produtores) e outros representantes da sociedade, sendo apoiados pela IDH em sua estratégia e concepção. A implementação do pacto do Vale do Juruena está sendo feita em parceria com a Natcap e a expectativa é dar início aos projetos sustentáveis no segundo trimestre de 2018.

Na ocasião, também foi assinada a adesão do município de Juruena ao Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis (PMS) que desenvolve ações para o fortalecimento da gestão ambiental municipal, regularização ambiental e fundiária e cadeias produtivas com foco na agricultura familiar.