Cinco orientações para o manejo integrado de nematoides

Cana-de-açúcar, café, soja, algodão, laranja, milho, batata e hortaliças são algumas das grandes culturas que podem ser atacadas pelos nematoides. São atingidos o sistema radicular, bulbos e tubérculos desses cultivos. A FMC Agricultural Solutions trabalha continuamente para conceder aos produtores rurais ferramentas adequadas para combater esse desafio. Alinhado a esse propósito, o gerente de Produto da FMC, Vinicios Faria, concede cinco dicas para o controle e manejo de nematoides.

Foto: Página Sustentável

A amostragem é o primeiro passo para o manejo, pois é a partir dela que saberemos quais as espécies presentes na área e sua população. A técnica pode variar conforme a cultura, mas em todos os casos, é necessário que o produtor a realize com a coleta de raízes vivas, longas e o solo da rizosfera. A época chuvosa (primavera/verão) é a mais adequada para amostrar uma área e diagnosticar os problemas, pois é quando as populações de nematoides estão atuando em seu ápice. O número de pontos coletados e suas distribuições na área devem ser levados em consideração, visto que os nematoides possuem alta variabilidade espacial. Partindo de uma amostra com qualidade, o laboratório interpretará os dados e os resultados obtidos representarão a real situação da área amostrada.

A utilização de cultivares resistentes em áreas infestadas por nematoides é mais uma ferramenta que auxilia o produtor no manejo das populações. A resistência pode ser expressa para uma ou mais espécies ou apenas para uma determinada raça, sendo imprescindível um levantamento prévio da área para obter êxito nesse manejo. Os programas de melhoramento genético no Brasil estão cada vez mais em busca de variedades resistentes para aumentar as opções aos produtores, visto a importância e a dificuldade no manejo destes parasitas.

Rotação de culturas é uma técnica que visa diminuir a população e auxiliar no manejo da área. A ideia é, sabendo quais as espécies presentes, utilizar culturas que não são hospedeiras das espécies de nematoides presentes na área, eliminando assim, a fonte de alimento para esses parasitas.

Os nematicidas químicos têm sido utilizados com frequência nas últimas décadas e apresenta resultados satisfatórios. Esses produtos geralmente mantem as populações desses parasitos mais baixas nas raízes das plantas tratadas. As soluções biológicas a base de diversos microrganismos, como fungos e bactérias, também tem sido utilizadas e apresentam ótimos resultados. A FMC investe neste segmento e acredita que o manejo biológico vai revolucionar a agricultura. Queremos levar esse conceito para o setor. O debate é oportuno neste momento em que atuar de forma responsável no campo é cada vez mais importante para o desenvolvimento do agronegócio sustentável.

Para auxiliar os produtores sobre a prevenção e o controle efetivo dos nematoides, a FMC Agricultural Solutions está promovendo um projeto nacional, denominado Comando Nematoide. A companhia montou um laboratório móvel com as tecnologias necessárias para levar as melhores práticas e ferramentas para o manejo da praga. O Comando Nematoide está passando pelos principais polos agrícolas produtores de soja, milho, cana-de-açúcar, algodão, feijão, HF e café. Serão percorridos 10 estados e mais de 100 cidades em aproximadamente um ano.

 

Brasil é campeão mundial na reciclagem de latinhas
Novo estudo aponta a influência da mudança do clima causada pelo homem sobre eventos extremos
Termotécnica é eleita a empresa mais sustentável pelo guia exame
Taxa global do carbono pode oferecer novas soluções para ação climática