PLD segue fixado em R$ 505,18 MWh

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período entre 18 e 24 de agosto permanece fixado em R$ 505,18/MWh nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte. O PLD segue no valor máximo para 2018 em razão da expectativa de afluências abaixo da média para todo o Sistema Interligado Nacional (SIN). Os dados são Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Em termos percentuais, as afluências previstas na quarta semana para o SIN não sofreram alterações, permanecendo em 67% da média histórica para o mês de agosto. As Energias Naturais Afluentes (ENAs) previstas para o Sudeste e Nordeste também ficaram inalteradas, respectivamente em 82% e 38% da média. Já nos demais submercados, as afluências caíram 400 MWmédios em termos de energia.

Foto: divulgação

A expectativa de carga para a esta semana indica queda de 640 MWmédios no sistema com elevação apenas no Nordeste (+125 MWmédios). No Sudeste (-550 MWmédios), Sul (-175 MWmédios) e Norte (-40 MWmédios), a carga registra queda.

Já os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 620 MWmédios abaixo do esperado com elevação apenas no Nordeste (+100 MWmédios). No Sudeste, (-200 MWmédios), Sul (-120 MWmédios) e no Norte (-400 MWmédios), os níveis estão mais baixos.

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) para agosto segue em 58,4%. A previsão de Encargos de Serviços do Sistema (ESS) para o mês é de R$ 30 milhões, montante referente à restrição operativa, enquanto a estimativa de custos decorrentes do descolamento entre Custo Marginal de Operação (CMO) e PLD para agosto, por sua vez, está em R$ 55 milhões.

CCEE aponta aumento de 2% no consumo de energia em outubro
PLD cai 15% em todos os submercados
Qual é a contribuição dos transgênicos para o meio ambiente?
Tetra Pak apresenta websérie sobre histórias de vida daqueles que atuam com reciclagem no país