Tecpar apresenta casa sustentável para comitiva alemã

Uma comitiva alemã visitou, na última terça-feira (6), o protótipo da Casa Sustentável desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) instalada no Campus Araucária do instituto. O grupo foi liderado pelo diretor da Solar Cluster Baden-Württemberg, Franz Pöter. O protótipo testa tecnologias verdes em uma moradia de 44 metros quadrados com custos que podem ser enquadrados nas condições do programa Minha Casa, Minha Vida.

Protótipo da Casa Sustentável. Foto: Tecpar

Uma das ações do projeto Smart Energy Paraná, a Casa Sustentável, será usada como referência para construções de moradias sociais no estado. Os diferenciais do projeto incluem a geração própria de energia elétrica ao aproveitamento da água da chuva.

O Tecpar, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior vão instalar outras duas casas (uma em Jacarezinho e outra na região metropolitana de Curitiba) para gerar dados. A intenção é avaliar os dados dos três protótipos para chegar a um modelo que possa ser replicado em todas as regiões do Paraná.

A Casa Sustentável cumpre sete de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela Organização das Nações Unidas para serem cumpridos até 2030. O principal deles é o número 11, que prevê tornar as cidades e comunidades mais sustentáveis.

Aeroporto Salvador Bahia pretende economizar 2 milhões de m³ com sistema de reuso
Setor sucroenergético impulsiona economia e preservação do meio ambiente no Triângulo Mineiro
FSC reforça a importância das florestas para o desenvolvimento sustentável
Energia solar fotovoltaica ocupa sétima posição na matriz elétrica brasileira e ultrapassa nuclear